Redes sociais: atalhos de conversão para o e-commerce

por Eduardo Leda

Muitas marcas exploram o poder das redes sociais para criar estratégias de aproximação ao público. Mantendo bom relacionamento, os clientes se engajam e avançam no funil de vendas até a conversão. Portanto, saber como as redes sociais para e-commerce ajudam no crescimento corporativo é vital para aprimorar técnicas e alavancar vendas.

interna-redes-sociais-para-vender-mais-e-se-relacionar

A mudança na comunicação entre empresa e consumidor junto às ferramentas de marketing fez com que essa relação se tornasse bem mais próxima. Até mesmo as companhias que não marcam presença nas mídias sociais são faladas nesses meios, pois os usuários podem comentar, por exemplo, justamente sobre suas ausências.

Segundo a pesquisa Social Media Trends 2018, quase 95% das empresas brasileiras estão nas redes sociais. Apesar da concorrência intensa, há diversos meios para sua marca crescer e se destacar no mercado. Neste post, apresentamos as melhores práticas para usar as mídias sociais a favor do seu negócio. Continue a leitura!

Quais redes sociais escolher para usar?

Trata-se aqui de uma questão muito frequente. O que ocorre é que as empresas com essa dúvida tendem a criar páginas em todas as plataformas possíveis, mesmo as que não são acessadas pela persona. Isso atrapalha a estratégia elaborada, já que você perde tempo para atualizar um endereço de pouco ou nenhum alcance.

Para desenvolver uma metodologia bem-sucedida, é necessário estudar seu público e entender sua persona. Somente após essa análise de perfil passa a ser possível definir quais são relevantes para o público e, assim, focar esforços para criar conteúdos relevantes.

Como tirar proveito das redes sociais para e-commerce?

interna-como-tirar-proveito-das-redes-sociais-para-vender

Quando você já sabe onde sua marca deve estar presente, chega o momento de dar atenção a outros aspectos para desenvolver a estratégia. A Social Media Trends de 2017 apontou números que demonstram a importância de investir nas redes sociais. Segundo as empresas que utilizam as plataformas:

  • 77,4% perceberam que ajudam na divulgação da marca;
  • 63,2% engajam a audiência;
  • 50,3% viram aumentar o tráfego em seus blogs e sites;
  • 48,5% aumentaram o número de clientes e vendas.

Um bom planejamento é fundamental para o sucesso nas redes sociais. Nesse sentido, veja o que você pode fazer para extrair o melhor nas ferramentas de relacionamentos virtuais!

Cuide da linguagem adotada

Saber falar a língua do público e se comunicar é primordial para que a mensagem transmitida seja bem recebida pelos clientes. Por isso, ter a persona bem definida é tão importante, uma vez que todas as ações tomam esse perfil como base para atingir as pessoas certas.

A partir dessas informações, decide-se os tipos de conteúdos, onde serão postados, os temas das publicações e quais os dias e horários propícios para que tenham um bom alcance.

Ponto Frio

Um bom exemplo de marca que conseguiu construir uma relação sólida com seu público é a loja Ponto Frio. Um dos principais canais da empresa é o Twitter, que conta com mais de 260 mil seguidores. A marca adota uma linguagem descontraída e mais próxima do público, mas sempre com muito respeito.

Promovendo uma forte interação com os usuários e engajando mais indivíduos, a marca usa seu mascote, o Pinguim, para fazer marketing e gerar conversas.

Concentre-se na construção do relacionamento com o público

Em qualquer empreendimento — especialmente nas lojas virtuais — o relacionamento com os clientes deve ser mantido, uma vez que aumenta a probabilidade de o consumidor voltar.

As redes sociais costumam ser a maneira usada pelos usuários para descobrir novos e-commerces: cerca de 70% conhecem novas lojas assim. Estar presente nessas plataformas e ter uma loja virtual bem estruturada, levando em consideração a experiência do usuário, é um bom atalho de conversão, auxiliando na diminuição da taxa de abandono de carrinho e impulsionando as vendas.

Starbucks

A cafeteria, conhecida no mundo inteiro, dá show no quesito relacionamento com o público. A empresa sabe como estimular a interação com os consumidores sem precisar divulgar seus produtos o tempo inteiro.

Uma ação que garante bons resultados e apresenta grande engajamento é a de pedir para que clientes postem fotos consumindo seus produtos em lugares diferentes, marcando a empresa na publicação ou usando uma hashtag específica. As imagens que se destacam são escolhidas e publicadas no perfil mundial da marca.

Busque por influenciadores digitais

Um rosto famoso e conhecido pelo público, com muitos seguidores nas redes, sempre rende bons frutos. Atrair a atenção dos usuários com a imagem de influenciadores digitais gera mais clicks. A parceria com essas personalidades deve estar alinhada ao perfil do seu e-commerce para que a ação seja realmente efetiva.

Procure por personalidades que saibam como interagir com seu público, não apenas figuras públicas que tenham o maior número de seguidores. Nessa época em que há tantas contas fantasmas e seguidores comprados, é importante ter seguidores ativos nas redes sociais para que a campanha tenha o engajamento esperado.

Utilizar canais variados como Instagram, Facebook, YouTube e outras redes sociais para divulgar as ações com influenciadores faz com que as visitas ao seu site cresçam rapidamente.

Avon

Uma das grandes marcas de cosméticos e maquiagem do país, a Avon produz muitas ações com figuras conhecidas do seu público. São blogueiras, atrizes, cantoras e celebridades de diferentes áreas que fazem parcerias e aumentam a credibilidade da marca.

Entre as vantagens apresentadas com essas ações estão:

  • trazer mais visibilidade para a loja;
  • aumentar a reputação da marca;
  • gerar mais engajamento com o público.

De que maneira colocar essas dicas em prática?

As estratégias de marketing digital para e-commerce precisam ser pensadas para aproveitar principalmente as redes sociais, de modo que a relação com o público se fortaleça. Para exemplificar melhor, vamos utilizar uma empresa fictícia chamada Produtos da Terra, que comercializa na sua loja virtual produtos naturais feitos artesanalmente.

Além de ter uma persona já definida, a marca quer aumentar sua presença e criar uma reputação para se tornar referência no nicho. Pensando nisso, o planejamento de mídias sociais do e-commerce destaca:

  • uso de redes sociais que a persona utiliza;
  • personalização de conteúdo;
  • postagens com imagens que chamem atenção do público;
  • criatividade para entrar em contato com consumidores;
  • tempo curto de resposta aos clientes;
  • anúncios direcionados e outras técnicas.

Cada empresa tem suas especificidades e isso precisa ser respeitado. Assim, as estratégias de marketing nas redes sociais exigem desenvolvimento específico para o público da marca. Cerca de 72% dos usuários afirmam que os conteúdos das redes sociais são o formato que mais consomem na internet. Não deixe esse dado passar batido!

Você não pretende ignorar a importância das redes sociais para e-commerce, verdade? Confira também o guia completo para integrar seu e-commerce à loja virtual!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.