Análise de concorrentes: prepare-se para competir bem no mercado

por Junior Brandão

Um e-commerce enfrenta uma série de desafios para se consolidar em seu mercado e conquistar a preferência do público. Esse é um terreno bastante disputado, já que a cada dia surgem novas lojas virtuais para brigar pela atenção dos seus clientes. É por isso que se torna essencial ter uma boa análise de concorrentes em sua estratégia.

Não se trata apenas de ficar por dentro do que outros players do seu segmento estão fazendo. Antes de tudo, é importante definir quais, de fato, são os concorrentes diretos e indiretos do seu e-commerce. Qualquer erro nessa definição pode prejudicar a qualidade dos seus resultados a partir desse ponto.

Em seguida, é necessário saber como extrair diagnósticos valiosos com essas informações. Ao conhecer melhor as ações e posicionamentos das demais lojas virtuais, você poderá conduzir a sua própria atuação de maneira mais inteligente. Como não é nada produtivo trabalhar no escuro, continue a leitura para ficar informado!

O que é uma análise de concorrentes?

Uma análise de concorrentes é um documento em que ficam registradas as características, estratégias e traços de outros players relevantes para o seu mercado. Em geral, são considerados aqueles que concorrem direta e indiretamente pelo mesmo público que o seu e-commerce está tentando atingir e que possuem soluções similares às suas.

Nela, são incluídas informações estratégicas que servem para ajudar você a enxergar oportunidades a serem exploradas e diagnósticos que podem ser elaborados. A análise de concorrentes serve como uma ferramenta para alavancar os seus esforços e levar você até novas conclusões a respeito da atuação do seu e-commerce.

Para que a análise de concorrentes consiga cumprir seu papel, você precisa garantir que o processo de criação dela seja correto. Isso envolve seguir todas as etapas necessárias para deixá-la o mais completa possível e ter atenção à apuração de dados de qualidade.

Por que é importante realizar uma análise de concorrentes?

Recentemente, tornou-se bastante fácil entrar no mercado de e-commerce no Brasil e no mundo. Ferramentas deixaram mais fácil o processo de criação e manutenção de lojas virtuais e novas soluções logísticas possibilitam atuar em uma boa área de cobertura para ter uma participação competitiva no mercado.

Esse cenário deve servir de alerta para você perceber a importância de estar por dentro da atuação de outras alternativas em seu mercado. Uma análise de concorrentes ajuda a acompanhar a abordagem dessas empresas, permitindo se antecipar em relação a eles e não se surpreender com investidas estratégicas.

Ninguém atua sozinho em seu próprio mercado, tendo sempre que disputar a preferência do público com, pelo menos, outro nome. Tal alternativa pode seduzir os seus clientes e, eventualmente, conquistar a preferência deles. Isso tem um impacto decisivo nos seus resultados e, se virar uma tendência, pode prenunciar o fim do seu negócio.

Como encontrar seus concorrentes diretos e indiretos?

Para analisar corretamente a atuação dos seus concorrentes, é importante dividi-los em duas categorias bem distintas: diretos e indiretos. A classificação serve para entender melhor de que forma cada um pode ameaçar o seu negócio e influenciar a preferência do público que você está tentando atingir.

Conheça a seguir as principais diferenças entre concorrentes diretos e indiretos, e de que formas definir os seus em sua análise:

  • Concorrentes diretos: são aqueles que oferecem produtos e serviços iguais aos da sua empresa para alcançar o mesmo perfil de público. Por exemplo, é o caso de duas lanchonetes de fast food. Estão em plena disputa pela preferência de uma mesma audiência.
  • Concorrentes indiretos: trazem produtos e serviços diferentes dos seus, mas, de alguma forma, são capazes de substituí-lo. É o caso, por exemplo, de uma lanchonete de fast food em relação a um restaurante tradicional. O produto não é o mesmo, mas também mata a fome.

Conforme ficou claro, tanto concorrentes diretos como indiretos podem representar ameaças ao seu e-commerce se você não dedicar a devida atenção a eles. Portanto, é essencial que você saiba identificar quais são as empresas que disputam a preferência do seu público e as inclua em sua análise.

Como fazer uma boa análise de concorrentes?

Defina o escopo da análise

Nenhum trabalho deve ser iniciado sem que as suas características fiquem bem definidas. Antes de começar sua análise de concorrentes, tenha em mente quais tipos de informações serão levantados e como você utilizará esses dados para obter seus diagnósticos. Trata-se de uma etapa decisiva porque define quais serão os seus esforços futuros, portanto, não a apresse.

Avalie a credibilidade de marca

A percepção que o público tem sobre um e-commerce é importante para o sucesso dele e isso precisa constar em sua análise de concorrentes. Uma ótima forma de fazer isso é monitorando menções nas redes sociais e demais ambientes digitais para entender de que forma as pessoas estão falando sobre aquele e-commerce. Procure fazer um levantamento de citações positivas e negativas para chegar a um resultado concreto.

Use ferramentas inteligentes

A sua análise de concorrentes pode ficar muito mais rica se você contar com a ajuda de ferramentas que consigam captar dados estratégicos para você.

Por exemplo, o SEMRush é capaz de gerar um relatório completo a respeito do e-commerce do seu concorrente, trazendo os pontos fortes e fracos da otimização dele e estimativas de tráfego das suas páginas. Outra possibilidade é o Quintly, que mensura dados de redes sociais e demais plataformas digitais.

Considere o posicionamento de marca

Cada empresa, e-commerce ou não, tem um posicionamento que utiliza para se expressar em seu mercado. É a mais pura representação da sua identidade e um traço altamente importante para ser considerado em sua análise de concorrentes.

Tenha atenção especial para encontrar similaridades entre as formas que a sua loja virtual se posiciona e esses concorrentes, já que é algo que pode revelar disputas mais próximas.

Busque lacunas e oportunidades

Um dos objetivos de uma análise de concorrentes é oferecer a você as ferramentas necessárias para aprimorar a sua própria atuação no mercado. Uma forma de fazer isso é se aproveitando de falhas de outros e-commerces do seu segmento ou detectando oportunidades a serem exploradas.

Dessa forma, é essencial que a sua empresa esteja sempre preparada para se adaptar e mudar a rota do próprio planejamento.

Para contar com os diagnósticos certos e estruturar uma estratégia matadora para o seu e-commerce, você precisa se apoiar em informações de qualidade. Esse é o papel da análise de concorrentes: apontar as melhores oportunidades para você agir em seu mercado, conquistar fatias cada vez maiores de público e não deixar que a atuação dos outros ameace seu negócio.

Como você pretende começar a fazer a sua análise de concorrentes? Diga nos comentários!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.