Muitos abandonos de carrinho no e-commerce? Saiba como resolver!

por Isabela Saney

De acordo com um estudo recente realizado pela Radar, os abandonos de carrinho no e-commerce — quando um cliente adiciona o produto no carrinho, mas não chega a finalizar a compra — chegaram a 82% em 2017.

 

Apesar do índice elevado, essa taxa tem se mantido estável em comparação aos anos anteriores. Contudo, as empresas que atuam na internet precisam se manter em alerta para que não haja um desequilíbrio entre o nível de carrinhos abandonados e o de compras concluídas nas lojas virtuais.

 

Portanto, neste artigo mostraremos uma série de informações úteis sobre o assunto. Além disso, você verá algumas boas práticas para reverter os abandonos de carrinho em seu e-commerce. Continue a leitura para saber mais!

Quais os principais motivos para os abandonos de carrinho?

 

A pesquisa E-commerce Trends 2017 revelou que 97,9% dos entrevistados já abandonaram produtos em carrinhos de lojas virtuais. Entre os principais motivos que levam os consumidores a tomar essa decisão e seus respectivos índices, podemos citar:

 

  • falta de opção do meio pagamento desejado (28,4%);
  • desejo de apenas descobrir o valor do frete (29,8%);
  • insegurança quanto ao pagamento (29,8%);
  • prazo para entrega (43,5%);
  • avaliação da necessidade da compra (55,8%);
  • valor do frete muito alto (73,8%).

 

Evitar a desistência de compra é um dos maiores desafios dos empreendedores digitais, atualmente​. Afinal, quanto mais abandonos de carrinho no e-commerce, menor a taxa de conversão.

 

E é justamente por isso que as lojas virtuais precisam evitar os motivos que contribuem para que os usuários não cheguem ao fim de suas compras — sempre que possível, é claro.

 

 

Como reduzir os abandonos de carrinho no e-commerce?

 

Para reduzir a taxa de abandono, é imprescindível desenvolver uma estratégia bem estruturada, com base em mecanismos capazes de proporcionar ao consumidor uma ótima experiência durante toda a jornada com a loja virtual até o ato da compra. A seguir mostraremos como melhorar o índice conversão do e-commerce:

 

Simplifique o caminho para a compra

 

Quanto mais simplicidade o usuário encontrar em sua loja virtual, maiores as chances dele efetuar o pagamento e concluir a compra.

 

Da mesma forma, quando o cliente se sente perdido durante o processo ou encontra muitas dificuldades para concluir uma ação, a tendência natural é que ele repense a necessidade da compra e acabe desistindo, seja por perder a paciência, seja por perder a confiança na marca.

 

Dito isso, ofereça um formulário de cadastro objetivo e que não solicite mais informações do que as que realmente forem necessárias e encurte o processo de checkout o máximo que for possível.

 

 

Corrija todos os problemas de navegação

 

Aspectos como lentidão para que o site da loja abra, erros nas páginas, ícones e imagens que não abrem corretamente… Esses são apenas alguns dos motivos que podem gerar estresse no consumidor, fazendo com que ele desista da compra.

 

Isso significa que oferecer uma navegação fluida e funcional é um dos pontos mais importantes a serem considerados em sua estratégia. Quanto mais positiva for a experiência durante a compra, maiores as chances de que o usuário vá até o final da transação.

 

Portanto, verifique o funcionamento do e-commerce de maneira periódica para se certificar de que está sendo executado corretamente. Caso seja necessário, não hesite em procurar por uma plataforma mais funcional para corrigir os problemas encontrados.

 

 

Evite redirecionamentos

 

Outro problema que faz com que grande parte dos usuários desista de comprar os produtos adicionados ao carrinho é o redirecionamento de páginas.

 

A partir do momento em que o cliente é retirado do ambiente do e-commerce e levado a um novo site para realizar o pagamento, é comum que ele sinta desconfiança no encaminhamento.

 

Sempre que possível, mantenha o cliente no ambiente da sua loja. Por exemplo, você pode utilizar pop-ups de plataformas de pagamento dentro do próprio e-commerce, sempre informando o cliente dessa etapa, é claro.

 

 

Trabalhe com preços de frete justos

 

Estude possibilidades para praticar fretes justos e atrativos para os clientes, já que essa é uma das principais causas do grande índice de abandonos de carrinhos no e-commerce.

 

Faça orçamentos com transportadoras e padronize os métodos de embalagem e envio dos produtos para chegar a valores de fretes que não espantem o consumidor.

 

Uma dica interessante para ser aplicada nesse contexto é estabelecer um valor mínimo para frete grátis. Ou seja, uma quantia que trará um ótimo custo-benefício ao isentar o cliente do custo do frete.

 

Vale mencionar que essa estratégia também pode elevar o ticket médio de seus clientes, pois eles adicionarão mais produtos ao carrinho com a finalidade de alcançar o valor necessário para conquistar o direito do frete gratuito.

 

 

Faça testes A/B

 

Testes A/B consistem no processo de dividir o tráfego de um determinado site em duas versões: a original e a “desafiante”. A segunda opção deve ter modificações. A partir disso, as duas versões são mensuradas para descobrir qual tem a maior taxa de conversão.

 

Não é por coincidência que cada vez mais empresas têm utilizado os testes A/B para fazer análises precisas com base em fatos consolidados. Não há chance de que fatores externos influenciem nos resultados, já que ambas as versões são distribuídas no mesmo espaço de tempo.

 

No contexto de um e-commerce, os testes A/B oferecem informações altamente relevantes para reduzir o índice de abandono no carrinho e como aplicar as correções necessárias, sem correr riscos de ter a loja virtual fora do ar ou problemas de usabilidade.

 

 

Aposte em formas de recuperar o carrinho

 

Um carrinho abandonado nem sempre é sinônimo de venda perdida, pois existem meios para recuperar o cliente. Além disso, existem casos em que a venda não foi concretizada não porque o usuário desistiu da compra, mas porque optou por um meio de pagamento alternativo e acabou esquecendo de dar sequência ao processo — algo muito comum em boletos bancários.

 

Que tal algumas dicas interessantes para atrair novamente esse tipo de cliente ou recuperar carrinhos abandonados? Veja:

 

  • envie notificações por e-mail ou SMS avisando o usuário que sua compra está pendente;
  • ofereça descontos em cima do valor total do carrinho;
  • ligue para o cliente;
  • emita lembretes.

 

Antes de concluirmos, é importante destacar que ter uma agência parceira para implementar soluções de diagnóstico e resoluções eficazes a respeito dos abandonos de carrinho é uma ótima maneira de aumentar a eficiência da loja.

 

Como você pôde conferir neste artigo, o alto índice de abandonos de carrinho no e-commerce é uma realidade com a qual empreendedores de lojas virtuais precisam lidar com sabedoria e assertividade.

 

Para isso, é preciso entender os motivos que têm levado os usuários a desistirem das compras para que seja possível aplicar medidas corretivas. Além disso, contar com uma empresa especializada pode tornar o processo muito mais simples e eficiente!

 

Este conteúdo foi útil para você? Então não deixe de assinar a nossa newsletter para receber mais artigos exclusivos e continuar sempre atualizado sobre o mercado!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *