Aprenda a estabelecer mix de produtos nas primeiras vendas online

por Isabela Saney

Não é mais novidade para ninguém que a internet é uma facilitadora em nossas vidas. Empreender digitalmente, com a venda de serviços e mercadorias é um dos investimentos mais promissores, nesse sentido. No entanto, ao tentar definir o mix de produtos em um e-commerce, muitas dúvidas podem surgir.

crie um mix de produtos que atende seu público

Por exemplo, que critérios seguir para definir a variedade dos itens? Ou, qual a amplitude ideal nessa diversidade? E como fazer isso de maneira efetiva? Bem, não existe uma resposta única para tais questionamentos, mas podemos ajudar você a refletir sobre aquilo que tem condições de dar mais certo para sua loja online.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura!

O que é mix de produtos?

Mix de produtos nada mais é que a variedade de itens oferecidas dentro de qualquer marca. Por exemplo, determinado e-commerce que vende produtos de papelaria pode disponibilizar cadernos, canetas de cores azul, preta, vermelha, lapiseiras e marcas-textos. Já outro, do mesmo nicho, pode oferecer, além desses itens, lápis-de-cor, adesivos, canetas coloridas, canetas com bichinhos, adesivos, marcas-páginas com personagens geek e bullet journals.

Ambos estão no mesmo ramo e, até, podem atingir o mesmo público. No entanto, o segundo preferiu estabelecer um mix de produtos bem mais amplo que o primeiro.

Quais os benefícios?

A partir desse exemplo, deu para começar a entender um pouco do conceito, certo? Então, agora, veja alguns dos benefícios!

Oportunidade de expansão no mercado

Aumentar o mix de produtos faz com que a loja tenha mais chances de crescer no mercado. Isso porque ela atinge pessoas com perfis diferentes, que ajuda a tornar a marca mais reconhecida. Em outras palavras, o alcance é maior.

Aumento de clientes

Com a variedade maior, existe mais possibilidade de aumentar o número de clientes, já que cada um pode se interessar pela loja por motivos diferentes. Com isso, as vendas aumentam, ajudando a tornar o negócio mais escalável.

Maior competitividade

Também podemos falar sobre tornar a marca mais competitiva. A partir do momento em que ela passa a atrair mais consumidores, torna-se, proporcionalmente, uma adversária mais forte. Isso é importante devido à quantidade de concorrentes no mercado.

Aumento do ticket médio

O ticket médio é um dos principais índices de um e-commerce e define a média de valor gasta por cada cliente nas compras. Quanto mais alto, maior o faturamento da loja. A variedade grande estimula os consumidores a adicionarem mais itens no carrinho de compras, fazendo com que gastem mais.

Como estabelecer um mix de produtos?

monte uma boa estratégia para seu mix de produtos

Então, já vimos o conceito e algumas das vantagens, não é mesmo? Agora, vamos mostrar como você pode definir seu mix de produtos, de maneira efetiva, e se dar bem com isso.

Encontre um core business

Core business, no marketing, é o carro-chefe da marca. Sabe aquele produto pelo qual sua empresa se tornou famosa, que vende muito e que todos o procuram? Pois é.

Ao saber qual a mercadoria central e mais atrativa ao público, estabelecer o mix de produtos se torna algo mais intuitivo. Seguindo o exemplo da papelaria virtual, se você percebeu que o core business da loja são os cadernos com capas geek, provavelmente investir em outros itens (como réguas, lápis, canetas, borrachas, post-its, clipes etc.), que combinem com eles dará certo.

Conheça seu público

Também é importante entender qual o perfil principal do público, para saber o que ele busca e o que pode agradá-lo.

Sendo assim, observe o comportamento de compra dos consumidores e tente encontrar informações, como:

  • localização geográfica;
  • idade;
  • gênero;
  • profissão;
  • preferências;
  • problemas;
  • objetivos.

Com esses dados, é possível pensar em produtos mais direcionados e com maiores chances de liquidez. Para facilitar a análise, acompanhe as interações dos seguidores com a marca nas redes sociais e invista em um CRM (Customer Relationship Management).

Selecione produtos complementares

Depois de entender qual o carro-chefe da empresa e qual o perfil do público, junte essas informações para ter insights sobre mercadorias complementares ao negócio.

Entenda que, apesar de a loja contar com um produto central, de venda quase certa, muitas vezes, os consumidores chegam a ela por meio de produtos relacionados. Caprichar na seleção garantirá mais sucesso nas comercializações.

Avalie o mercado

Uma das ações mais efetivas, ao trabalhar com vendas, é observar como a concorrência age. Assim, analise os tipos de produtos vendidos por outros e-commerces do seu nicho, para entender o que tem agradado o público deles.

Isso não quer dizer que você fará cópias e implementará exatamente os mesmos itens, mas é uma forma de conhecer o mercado e ter mais ideias para seu negócio. Tente, ainda assim, manter a personalidade da marca, oferecendo itens mais singularizados.

Monte kits criativos

Outra ideia, nesse sentido, é montar kits criativos, com produtos que combinem entre si. Essa é, até, uma forma de fazer com que os consumidores conheçam mais sobre os itens disponibilizados na loja, sendo um estímulo para o aumento das vendas e do ticket médio.

Sem contar que, muitas vezes, o usuário entra no e-commerce com foco em levar um determinado item, mas, depois, ao ver outros relacionados, se dá conta de que precisa levá-los também.

Colocar preços atrativos nos kits tornará a compra ainda mais irresistível.

Faça avaliações periódicas

Não adianta apenas pensar em ideias, implementá-las, mas não avaliar o resultado, para ter certeza de que o investimento tem dado certo. Então, estabeleça uma periodicidade para avaliar as métricas da loja e analisar o quanto a marca tem crescido. Um resultado de estagnação, ou pior, de decréscimo no faturamento, indica que algo precisa ser melhorado.

Dessa forma, é preciso entender em que ponto está o problema, já que há uma variedade de possibilidades:

Bem, você entendeu o que é mix de produtos, percebeu como isso pode levar sua marca a crescer, a aumentar o faturamento e compreendeu como implementá-lo efetivamente na sua loja, certo?

Então, vamos continuar esse assunto e conversar, agora, sobre a definição de nicho para e-commerce?

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.