Afinal, o que é plataforma B2B? Entenda aqui!

por Junior Brandão

No Brasil, o comércio virtual entre companhias tem grande potencial de crescimento. Ocorre que algumas empresas que atendem ao público comum criam um “puxadinho” para uma plataforma que atenda a outros empreendimentos. Em alguns casos, é até possível conciliar as operações, contudo, em projetos maiores, essa medida pode não ser a mais indicada.

Geralmente, as operações do e-commerce B2B exigem ferramentas e modelos de negócio relacionadas ao núcleo do sistema. Grosso modo, essa é a razão pela qual fazer adaptações em uma loja virtual de varejo para atender ao atacado não é a melhor alternativa. Continue lendo o post e entenda o que é uma plataforma B2B, bem como suas especificidades, diferenciais e vantagens.

O que é plataforma B2B e qual sua diferença para B2C?

A sigla B2B se refere ao comércio Business to Business, em que as transações comerciais ocorrem entre empresas. Uma plataforma B2B é um ambiente digital (geralmente um site) em que um fabricante, distribuidor, importador ou revendedor comercializa seus produtos ou serviços para outros negócios.

Por trás desse site, há o back-end, com painel de gestão em que ficam armazenadas todas as informações. É possível gerenciar pedidos e acompanhar seu andamento, definir preços, gerenciar estoque, atribuir acesso, entre outras ações para dar suporte ao processo de vendas.

Já o B2C (Business to Consumer) se trata do comércio entre empresa e consumidor. No entanto, a diferença não está somente no público-alvo e suas características. Veremos as especificidades do negócio B2B a seguir.

Perfis de cliente

Essa é possivelmente a principal característica de uma plataforma B2B, uma vez que as demandas dos clientes são diferentes. Quando o assunto é B2C, o foco passa a ser o comportamento do público geral, seu gênero, qual a preferência em relação aos produtos, suas necessidades, o que está procurando etc.

Já no B2B, os clientes são abordados de uma forma diferente, uma vez que têm níveis de interação diferentes, pagam preços mais elevados, compram em grandes quantidades, a tributação é diferente, entre outras características.

Tabelas de preços

As vendas do comércio B2B são feitas nos moldes do atacado, em que os pedidos são feitos em volumes maiores e com determinada frequência, o que facilita negociações e descontos. Os valores cobrados também dependem do perfil do parceiro e não necessariamente são exibidos no site, contudo é fundamental manter uma tabela para atender às necessidades do negócio e dos parceiros.

Os preços são definidos de acordo com o perfil de cada parceiro, levando em consideração seus hábitos de compra e o relacionamento que foi estabelecido. Assim, é possível estruturar de maneira qualificada o valor de venda, bem como as condições e descontos.

Regras de pedido mínimo

Em um site B2C, o usuário acessa e compra um, dois ou mais produtos sem quaisquer barreiras. Contudo, no B2B, algumas empresas criam regras de pedidos mínimos, seja na quantidade de itens ou no valor. Isso porque elas trabalham com uma gestão de logística e modelos de processamento internos para atender a pedido maiores, enquanto os menores são atendidos por uma rede de varejo ou por seus distribuidores.

Condições de pagamento

Da mesma forma que os preços e quantidade mínima de pedidos, as condições de pagamento dos modelos B2B mudam em relação ao B2C. Enquanto na venda para o consumidor comum o pedido só é enviado após o faturamento, nas transações entre empresas pode haver condições diferentes, como pagamento faturado com liberação de crédito e pagamento posterior.

Essas configurações distintas mudam de acordo com o parceiro e sua relação comercial. Dessa forma, empreendimentos que passam mais confiança têm acesso a preços melhores e a condições de pagamentos com prazos melhores, menores taxas de juros, parcelamento, entre outros benefícios.

Quais os diferenciais da plataforma B2B?

Atuar com B2B também tem uma série de diferenciais, os quais são capazes de influenciar a compra e os rendimentos do negócio. Vamos a eles.

Multicatálogo

O catálogo exibido para um parceiro pode ser diferente do que é apresentado a outro grupo. Essa mudança varia de acordo com a região e o perfil de cada um. Nesse sentido, o multicatálogo é uma ferramenta essencial para as plataformas B2B, pois assim os parceiros podem analisar produtos diferentes, já que é comum uma companhia ter linhas de produtos vendidos somente para alguns clientes ou em determinados canais de venda.

Suporte dedicado

Como há multicatálogos, pedidos, valores e condições diferentes, a fornecedora da plataforma precisa atuar para garantir o suporte eficiente em mais de um cenário, criando oportunidades, resolvendo problemas técnicos e oferecendo atendimento especializado. São fatores que contribuem para o relacionamento entre as empresas e aumentam sua credibilidade e a satisfação dos parceiros.

Frete avançado

A maioria das transações do comércio digital B2B são transportadas por duas modalidades de frete: o CIF (Cost, Insurance and Freight) e o FOB (Free On Board). No primeiro, a empresa vendedora é quem arca com os custos logísticos ou ela mesmo faz a entrega para a compradora. No segundo, os custos ficam por conta da de quem compra.

Multicentros de Distribuição

O tamanho das operações e as questões fiscais exigem das empresas mais de um centro de distribuição. A escolha daquele que vai atender ao parceiro vai depender das características do pedido (localização do estoque, prazo e custos) e da fiscalização (impostos, taxas e procedimentos fiscais).

Vendedores e representantes comerciais

Além dos parceiros, vendedores e representantes comerciais também utilizam a plataforma B2B de e-commerce. Para eles, é cedido um acesso especial em que podem consultar catálogo, pedidos de clientes, fazer o acompanhamento, visualizar suas comissões e principalmente visualizar as condições e preços para cada grupo de parceiros, o que facilita seu poder de negociação.

Integração de ferramentas

É importante contar com a integração de ferramentas para agilizar o processo de vendas, pagamentos, logística, entre outros pontos. O objetivo é reduzir os obstáculos enfrentados pelos parceiros, diminuir riscos e aumentar o controle das atividades por meio de um software que vai otimizar o processo de vendas como um todo, gerar relatórios, emitir notas fiscais, entre outras ações.

Vale ressaltar que a solução das vendas por meio de uma plataforma B2B tem como objetivo viabilizar o crescimento do negócio de forma a ampliar a região em que atua, reduzir custos, atender a novos parceiros, aumentar o tíquete médio, entre outros benefícios. Uma estratégia bem alinhada e uma gestão eficiente vão permitir resultados expressivos, o que exige acompanhamento dos dados para a tomada de decisões efetivas.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite e siga-nos em nossas redes sociais (Facebook e Instagram) para ficar sempre bem informado e à frente dos concorrentes.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.