Marketing automotivo: 7 dicas que você precisa saber

por Junior Brandão

Há alguns anos, quando se planejava adquirir um carro seminovo, as pessoas procuravam nos classificados dos jornais, não é verdade? Hoje em dia, as concessionárias ainda utilizam a mídia tradicional para divulgar as suas lojas em meio a experiência de entretenimento dos clientes.

dicas especias para marketing no setor automotivo

Não é preciso parar para pensar no quanto essas ações se tornaram insuficientes, fazendo com que os comerciais de automóveis e concessionárias não bastassem para conquistar o cliente. Por isso, é importante conhecer algumas dicas para fazer marketing automotivo.

Com a expansão do marketing digital, novas ideias surgem todos os dias, e algumas concessionárias já estão aplicando estratégias mais modernas, atingindo os seus potenciais clientes no momento certo.

Porém, por onde começar e o que fazer para anunciar uma loja de automóveis? Se você ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto, continue acompanhando e conheça as principais dicas de marketing para o setor automobilístico! Boa leitura!

1. Obter o máximo de informações dos clientes

A informação é realmente tudo. Antes de iniciar qualquer ação, é fundamental saber com quem a sua marca vai se comunicar. Não vai adiantar muito divulgar o lançamento do novo Onix Plus, por exemplo, para um público interessado no Cruze, concorda?

Em cada ação, é preciso entender o consumidor. Se o cliente está na sua concessionária, consiga o nome dele, o e-mail e faça o cadastro dos veículos que ele estava interessado. A probabilidade de ele seguir pesquisando aquele veículo é bem grande e você vai poder divulgar outras ofertas no mesmo perfil nos próximos dias.

2. Utilize e-mail marketing com segmentação

Uma forma muito fácil e prática de atingir o potencial cliente é por meio do e-mail. Seja a partir de uma newsletter mensal com as principais novidades no estoque da concessionária, seja um e-mail específico, divulgando um único automóvel no perfil que o consumidor estava buscando.

Para tanto, ferramentas de automação possibilitam até mesmo identificar esse lead e fazer o envio de novidades baseadas nos veículos que ele navegou no site.

3. Adote o remarketing

O remarketing trata-se de uma forma de publicidade online totalmente direcionada aos usuários que fazem alguma ação na internet, como inserir um item no carrinho de compras ou visitar um site. Hoje em dia, ela está presente nos dois maiores players de publicidade online: no Facebook e no Google.

Por meio do Google, os anúncios são distribuídos em sites de conteúdo, blogs, jornais e demais sites parceiros que estão vinculados à rede display do buscador.

Já com o remarketing no Facebook é possível impactar o público interessado na sua loja ou concessionária, como leads que visitaram o seu site mas que não agendaram uma visita à loja, ou ex-clientes. Adotar o remarketing é indispensável para continuar a comunicação mesmo quando o usuário não converte imediatamente. Não deixe de incluir essa ferramenta na sua estratégia de mídia paga.

4. Publique conteúdo nas redes sociais

O Inbound Marketing é, como você já deve saber, a tendência do momento. Quando você disponibiliza conteúdo de relevância, além de gerar mais tráfego qualificado ao site, você acaba se tornando uma referência em determinado setor, auxiliando o consumidor com questionamentos e dúvidas de forma natural. Conteúdo é sinônimo de credibilidade e de mais tráfego.

Muitas vezes o público consumidor não sabe o que deseja até você mostrar para ele que ele realmente precisa. As redes sociais podem cumprir um excelente papel nesse aspecto, a partir de conteúdos e anúncios direcionados a determinado público demográfico.

Além disso, um post nas redes sociais pode encorajar os clientes a compartilhá-lo em seus perfis pessoais, facilitando a divulgação. Lembre-se também de que as redes sociais são o verdadeiro SAC 2.0 dos clientes, logo, interagir corretamente com eles ali transmite grande confiança para novos clientes.

5. Faça cadastro no Google Meu Negócio

Você sabe como funciona o Google Meu Negócio? Bom, ele funciona como uma plataforma gratuita que permite que as empresas façam um cadastro para que o seu empreendimento seja divulgado quando for realizada uma pesquisa no Google+ e no Google Maps.

Então, não deixe de cadastrar a sua loja ou concessionária no Google Meu Negócio. Assim, quando alguém buscar pelo seu serviço, terá acesso a mais informações sobre a sua loja e sobre o seu site. Além disso, sua marca vai aparecer nas pesquisas dos usuários que se encontram próximos ao local que você está, no Google+ e no Google Maps.

É incrível o aumento da divulgação que o negócio ganha usando o Google Meu Negócio, no entanto, não é apenas na divulgação em geral da empresa que essa ferramenta demonstra o seu enorme potencial. A aplicação dessa plataforma também é essencial no processo de melhora da imagem de uma marca e de fidelização, pois, a partir dela, é possível interagir com o público, respondendo aos comentários na página da sua empresa.

6. Utilize plataformas de chatbot

Prova de que o futuro já chegou são os chatbots. Chat significa conversa, enquanto bot significa robô, e são ferramentas que estão cada vez mais presentes nos negócios que são voltados para vendas diretas, mas que certamente se movem para indústrias com mais complexidade, como a indústria automotiva.

Os chatbots, a partir de uma programação prévia, podem ser uma ferramenta de contato ininterrupta com seus consumidores, respondendo dúvidas frequentes e, muito mais que isso, antecipando as suas necessidades. Conveniência e praticidade resume o chatbot, garantindo um relacionamento com o cliente de forma ágil e precisa.

7. Monitore os resultados

O plano de marketing precisa continuar depois que você colocar todas as ações em prática. Na verdade, ele pode ter fases distintas e até alguma alteração, mas não pode parar. Para que seu plano seja eficiente e produtivo, o mais indicado é que você monitore os resultados. Se eles não estiverem adequados, você vai precisar rever sua estratégia. No entanto, se estiver funcionando, esse vai ser mais uma boa razão para manter tudo revisado e monitorado.

Todos desejam se destacar nas vendas, no entanto, a maioria dos negócios investe somente no básico do marketing digital. Saiba que só isso não vai funcionar. Ter apenas uma landing page ou um showroom virtual não vai garantir que as vendas cresçam e se tornem parte efetiva do seu negócio.

Portanto, é necessário investir em processos, em análise de dados, em atendimento e em um marketing automotivo bem feito. Enfim, é importante que qualquer nicho de atuação invista no setor de marketing, com o propósito de usufruir dos benefícios dessa estratégia. Então, não perca mais tempo!

O que achou do texto? Gostou de conhecer essas dicas para fazer um marketing adequado? Ficou com alguma dúvida ou deseja acrescentar alguma dica valiosa? Então aproveite para deixar o seu comentário aqui!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.