Entenda quem é o consumidor 4.0 e conquiste-o!

por Thainá Gastaldi

Na última década o marketing foi marcado por sua transição de mídias offline para online, entramos na era digital e muita coisa mudou! Assim como nosso público, afinal, pessoas também se renovam todos os dias. Devido a essa constante mudança e surgimento de novas marcas e produtos, além da facilidade para tantas informações ao mesmo tempo, criou-se também novos tipos de personas. 

Dentre tantos novos conceitos, entre os mais atuais, surgiu o consumidor 4.0, esse tipo de persona nada mais é que o resultado dos meios que tem a disposição, já ouviu sobre esse tipo de persona?

E mais importante ainda, será que sua empresa está preparada para atendê-lo? Conheça mais sobre esse perfil de cliente, quais suas características e principalmente: como conquistar essa persona! Preparado? Vamos lá.

Entendendo a evolução do marketing

Ao longo dos anos, o marketing sempre orientou as empresas em como elas devem se posicionar no mercado, como conquistar a atenção do público e a maneira como viam seu próprio negócio, sempre foi e continua sendo uma ferramenta indispensável para quem quer mais que vender: oferecer uma solução e um valor para seus consumidores.

Em cada época , o marketing se adapta e se reinventa de uma forma de diferente, de acordo com o público atual, pois, conforme o tempo passa, os hábitos e comportamentos da sociedade também mudam, e aí está a magia de tudo!

Para entender o contexto atual, vamos voltar um pouco no tempo e conferir a evolução dos consumidores de acordo com sua época, assim, fica mais fácil entender nosso momento atual e o público também.

Consumidor 1.0

Na primeira era do marketing, o consumidor ainda não compreendia o que era uma marca, para ele, não importava muito o valor daquilo, mas sim, o que aquele produto poderia trazer como solução para seu problema. O foco do consumidor era o fim e não os meios, devido a toda simplicidade da época. 

Nessa época as marcas também não precisavam se preocupar com uma segmentação, pois o público ainda não tinha muitas diferenciações, o estilo de vida de todos era muito parecido e o objetivo era sempre encontrar a solução naquilo que lhe era oferecido.

Consumidor 2.0

Já o consumidor 2.0 é o período em que começou a surgir concorrências e as pessoas começaram a se questionar: o que a marca x pode oferecer de melhor que a y? Foi ali que surgiu a opção de escolha para o público, esse foi o ponto de virada do consumo.

Então, o marketing 2.0 foi voltado para iniciar o conceito e segmentação de marca, era necessário mostrar o porquê do seu produto ser melhor do que o do concorrente.

Com esse novo público a marca deveria abordar seus problemas e exibir todas as vantagens além da solução, eles eram abertos a esse convencimento, se havia mais marcas no mercado, eles escolhiam uma favorita.

Consumidor 3.0

Foi nessa era que as marcas realmente sentiram a necessidade de conquistar o público mais a fundo, mais recente e próxima da nossa atualidade, nesse tempo os consumidores passaram a ter mais acesso a informação, já haviam celulares, computadores, as propagandas na televisão eram muito presentes, e criou-se então uma necessidade de pertencimento, com isso, os consumidores já estavam mais propensos a uma campanha de posicionamento e queriam que as marcas exibissem cada vez mais uma personalidade, pois existia ali, uma vontade de se identificar com a marca, logo, o conceito da empresa deveria ser alinhado com o do cliente (e isso era um dos fatores para escolherem uma marca específica).

No marketing 3.0 nosso consumidor busca pertencimento e compreensão, ele faz parte do processo.

Consumidor 4.0

Finalmente, vamos falar sobre o consumidor 4.0,  ele é uma evolução do 3.0 porém com um detalhe que muda tudo: a tecnologia de fácil acesso. 

Toda a abordagem mais segmentada, considerando o público e suas demandas,  além da necessidade de pertencimento seguiu normalmente, mas agora, com a transformação digital, os hábitos de consumo foram impactados profundamente, o cliente tem ainda mais facilidade para buscar o que deseja -ele sabe exatamente o que quer- e exige isso!

Aqui, as redes sociais possuem um papel muito importante, já não basta expor seus produtos, explicar as vantagens e solucionar o problema, além de criar uma aproximação com o público, é necessário que você faça isso em todos os meios, de uma forma mais digitalizada, e principalmente: natural.

Um dos fatores que mais influenciam o consumidor 4.0 é o atendimento, ele quer se sentir acolhido, quer ser ouvido, que a marca demonstre que se importa com ele e que faça isso na internet também, pois a utiliza para tudo e quer ser atendido ali, de uma forma prática e com empatia.

Como conquistar o consumidor 4.0?

Esse público atual que tem demandas bem específicas e maior necessidade de proximidade da marca, pode parecer difícil de lidar no começo, mas na verdade não é! Reunimos aqui dicas de ouro para te ajudar com essa persona, confira.

Aproxime-se do público – seu cliente quer mais que consumir seu produto, ele quer sentir que é parte da empresa, quer ter influência, ser ouvido e ter seus desejos virando realidade com o produto que você oferece. Quanto mais abertura para isso, mais engajamento para a marca. E como oferecer essa abertura? Por meio das redes sociais! O consumidor 4.0 acessa as redes sociais com frequência, e também é através da internet que busca soluções.

Destaque-se no atendimentoatualmente é impossível sobreviver no mercado sem um atendimento de qualidade e diferenciado, principalmente com concorrentes tão competitivos, mas, o que isso significa? Significa mais humanização na hora de atender o consumidor, lembre-se: ele quer se sentir especial! É nessa etapa que é fundamental se preocupar com o pós-venda, ao demonstrar essa preocupação e acolher o cliente, as chances de fidelização aumentam muito.

Tenha mais que um produto, tenha um valor – hoje um dos fatores mais importantes para o sucesso de uma empresa, é o valor que ela oferece -e não apenas o produto-, o que você quer oferecer? O consumidor 4.0 se posiciona por meio do que consome, por isso é tão importante saber o que você tem a oferecer, é status? Que tipo de status? Por exemplo, uma pessoa vegana, busca informações a fundo sobre empresas que são cruelty free e veganas, ela se identifica com essas marcas pois correspondem ao seu estilo de vida. 

Ofereça praticidade – além de tudo que já citamos, você também deve oferecer praticidade. Nosso consumidor 4.0 tem uma rotina agitada e busca meios de comprar com facilidade, sem sair de casa, ou até mesmo durante o trabalho através do smartphone, quanto mais praticidade, melhor!

Invista em Inboud Marketing – esse perfil de consumidor consome muito conteúdo na internet, então, atente-se aos seus hábitos, quais canais ele prefere? Se ele passa muito tempo no youtube, por exemplo, uma ótima tática é produzir conteúdos criativos e que prendam sua atenção por lá, assim, você atrai o consumidor com descontração e facilidade e as chances de acessarem seu site são gigantes!

Seja presente nas redes sociais – mais do que oferecer seus produtos em todos os canais, interaja com seus clientes! O consumidor 4.0 preza pela atenção, a necessidade de ser ouvido é gigantesca, por isso, mostre que se importe, que a opinião dele impacta diretamente nas decisões da empresa, valorize-o através das redes sociais.

Enfim, o mais importante aqui é conhecer sua persona bem a fundo, identificar em quais canais ela está, seus hábitos, ideais e conceitos, a partir daí é só mandar ver!

E conte com a gente para isso, entendemos do mercado digital como ninguém, afinal, vivemos e respiramos e-commerce.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.