Loja virtual sem estoque: como essa prática funciona no mercado?

por Rodrigo Vernaschi

Ao imaginar uma loja virtual, é comum pensar que, assim como uma loja física, é necessário ter um estoque com todas as mercadorias para pronta entrega. Mas, ao contrário disso, é possível ter uma loja virtual sem estoque que não deixa nada a desejar em comparação a um e-commerce que possui estoque.

É possível montar sua loja virtual sem que isso prejudique as vendas. Mas para que isso aconteça, encontrar o fornecedor certo e que feche um compromisso com você é fundamental.

Os tipos de armazenamento são pensados para diferentes modelos de negócios. Antes de decidir qual é mais apropriado para seu e-commerce, é importante avaliar e conhecer cada um deles, para que não tenha prejuízos ou outras dores de cabeça no futuro.

A seguir, confira os prós e contras ao optar por uma loja virtual sem estoque!

Quais as diferenças dos tipos de estoque?

Estoque próprio

As lojas que possuem estoque próprio são bem diferentes das que utilizam estoques terceirizados. Ter um armazenamento próprio exige espaço, e todas as tarefas de organização, separação, preparação e envio ficam por conta da própria loja.

Com o estoque sempre à mão, você terá autonomia e conseguirá controlar todos os processos, além de planejar detalhadamente todas as ações que são feitas. Mas isso pode não ser positivo nos períodos em que as vendas estão mais baixas, já que o lucro diminui e as despesas permanecem as mesmas.

Estoque terceirizado

Nos e-commerce que não possuem estoque, os produtos ficam sob a responsabilidade de um fornecedor. Nesse modelo, a loja virtual trabalha como um vendedor, fazendo uma ponte entre o cliente e o fornecedor do produto. As peças são compradas na loja, mas a entrega é feita pelo detentor das peças oferecidas na loja.

Os principais e mais comuns tipos de vendas sem estoque são dropshipping e Just in Time.

Dropshipping

O e-commerce que opta por essa modalidade fecha parceria com um fornecedor, que é quem vende os produtos comprados pelo cliente. Para obter lucro, os preços são negociados para que ambos ganhem.

Apesar de não ter responsabilidade direta pela mercadoria enviada, o revendedor (e-commerce) ainda assume deveres perante o cliente, tendo que buscar soluções em caso de problemas, mesmo que elas sejam incumbidas ao fornecedor do produto.

Just in Time

Diferentemente do dropshipping, em que e-commerce e fornecedor têm o negócio fechado, nas vendas Just in Time a loja virtual só adquire o item quando o pedido é feito pelo cliente. A estratégia é positiva para reduzir custos, uma vez que o e-commerce só compra o produto após a garantia do fechamento da compra feita pelo cliente. Em outras palavras, a compra do item só é efetivada quando a venda está garantida.

Por que montar uma loja virtual sem estoque?

Não depender de um grande espaço físico e não precisar contratar funcionários para lidar com o volume de trabalho que poderá surgir são algumas das vantagens de não ter estoque. Todo o trabalho de logística envolvendo os produtos comercializados são cuidados pela empresa parceira.

O fluxo de caixa é aliviado sem um centro de distribuição e, assim, você consegue focar em outros processos que teriam que dividir sua atenção caso você tivesse que administrar toda a loja e o estoque.

Não ter um depósito para guardar e cuidar dos produtos tem um custo muito mais baixo sem afetar as vendas. A lista de produtos oferecidos na loja virtual também pode ser muito maior, e a possibilidade de expandir seu negócio para outros nichos e atingir um público cada vez maior é uma das maiores vantagens.

Desvantagens de uma loja virtual sem estoque

Por outro lado, é importante levar em conta também os seguintes aspectos que podem dificultar sua atuação, caso opte por não ter estoque próprio:

  • possíveis dificuldades para realizar trocas e devoluções de itens;
  • falta de controle sobre os processos de envio de mercadorias aos clientes;
  • possíveis complicações com fornecedores;
  • todo atendimento ao cliente é feito pela sua loja;
  • margem de lucro reduzida.

Como dito anteriormente, essa decisão deve ser tomada após analisar profundamente qual o melhor modelo de negócio para seu e-commerce.

Como implementar uma loja virtual sem estoque?

Por mais que pareça bem mais fácil montar sua loja virtual sem investir em um centro de armazenamento, há muito trabalho e planejamento para que você se destaque no mercado. Tenha atenção especial em alguns fatores, como os listados a seguir.

Planejamento

Um bom plano de negócios é o primeiro passo para construir um e-commerce de sucesso. Estruturar seus planos de forma sólida ajudará a definir como atuar no mercado e os demais passos seguintes. Pensar na logística, na viabilidade da área de atuação, na análise de mercado e em outros fatores é fundamental para garantir a sobrevivência do seu negócio no concorrido mercado da web.

Para isso, é necessário ter os mesmos cuidados que qualquer outra empresa, analisando e planejando aspectos como persona, metas e objetivos, estratégias de marketing e tudo mais englobado na administração de um negócio que visa o crescimento constante.

Análise de concorrência

Ao escolher criar uma loja virtual sem estoque, os cuidados com a concorrência devem ser maiores, pois a margem de lucro é reduzida e, para ter um bom rendimento, é preciso realizar mais vendas.

Os preços dos itens oferecidos devem estar de acordo com o mercado, sem estar muito acima ou muito abaixo dos preços praticados por seus concorrentes de segmento. Somente após estudar a média do mercado você poderá negociar valores com os fornecedores.

Escolha dos fornecedores

Os riscos de não escolher bem os fornecedores podem afetar muito a reputação da sua loja virtual. Adotar critérios para selecionar o parceiro ideal é fundamental para evitar surpresas desagradáveis mais à frente.

Tenha atenção em pontos como:

  • reputação do fornecedor;
  • prazos de entrega;
  • disponibilidade de produtos;
  • documentação de legalidade da empresa;
  • preços oferecidos e outros.

Caso decida por um fornecedor internacional, os cuidados devem ser redobrados para que falhas não sejam cometidas. Analise todos os aspectos antes de contratar o provedor dos produtos do seu e-commerce, pois qualquer erro recairá sobre a sua loja e é a imagem dela que está em jogo.

Abrir uma loja virtual sem estoque é uma ótima opção se você está iniciando nesse ramo e quer concretizar o sonho do seu e-commerce. O gerenciamento de um novo negócio sem se preocupar com um centro de distribuição de produtos é o caminho certo para começar e se adaptar ao mercado até conseguir administrar seu próprio estoque.

Que tal receber todas as novidades no seu e-mail? Para você não perder nenhum conteúdo do seu interesse, assine nossa newsletter!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *